Tendo por orago a Imagem de Santo António, foi iniciada a construção da igreja em 1951 por subscrição pública, tendo ficado concluída em 1964.
Na frontaria do templo orientado a Poente e adossada ao flanco direito, destaca-se a torre do campanário em plano troncocónico. É rematada por coruchéu de cobertura telhada, onde se abrem seis vãos que iluminam a escada interior de acesso ao topo.
Destacando-se do corpo do edifício, na sua ala esquerda sobressai o batistério, em planta circular abobadada, cujo arranque exterior da cúpula é ornado por bordadura de telhas vermelhas.
Toda a fachada é rasgada por fenestração de vários lumes, fechados por vitrais.
Interiormente a nave é ampla, coberta por silhar de azulejos, imitando padrões antigos. A cobertura é forrada por madeira de pinho escurecida.
Lateralmente abrem-se três janelões, de dimensão idêntica aos do altar-mor, que originalmente transmitiam luz natural à igreja.
O altar-mor em forma de abside é todo penetrado por janelões que conferem luminosidade à igreja.

detalhes