A LUTA CONTRA
A COVID-19 CONTINUA

Bem-vindo à Paróquia de Palhais/Santo António, Portugal.

Celebrações e confissões

SEGUNDA

Santo António: 18h Missa / 18h30 Adoração / 19h Confissões
19h45-20h30 Atendimento do pároco com marcação

TERÇA

Atendimento do pároco: 16h-17h30 com marcação
Penalva: 18h Missa / 18h30 Adoração / 19h Confissões

QUARTA

Coina: 18h Missa / 18h30 Adoração / 19h Confissões
Hoje é Quarta: 21h (emissão em direto)

QUINTA

Tabgha7: 7h00 pelo Zoom
Cartório: 15h30-18h00
Palhais: 18h Missa / 18h30 Adoração / 19h Confissões

SEXTA

Cartório: 15h30-18h00
Curso Alpha Online: 21h00 inscrições abertas

SÁBADO

Atendimento do pároco: 9h-10h com marcação
Santo António: 10h-10h45 Confissões
Coina: 15h00 Missa
Penalva: 17h30 Missa

DOMINGO

Vila Chã: 8h30 Missa
Palhais: 9h45 Missa
Santo António: 11h Missa (com transmissão online e repetição às 15h45, 17h30, 19h e 22h)

Missas on-line

  • TODOS OS DOMINGOS às 11h
    e repetição às 15h45, 17h30, 19h e 22h

HOJE É QUARTA

  • Às 21h, nas redes sociais e no site, todas as quartas

ORIENTAÇÕES

Obrigatório uso de máscara durante todo o tempo
Higienização das mãos à entrada
Se estiver preparado, pode comungar, exclusivamente na mão e no lugar
Não deve tocar nas portas, imagens e tenha atenção nas caixas de esmolas e velas
As casas de banho estão encerradas
As superfícies são desinfetadas após cada celebração
Respeite as indicações da Equipa de Acolhimento
O Pároco com a Equipa de Liderança e após consulta dos Conselhos de Pastoral Paroquial, na linha das Orientações da Conferência Episcopal Portuguesa (08 maio 2020), da Diocese de Setúbal (16 maio 2020), em diálogo com alguns profissionais de saúde, decidimos manter medidas muito difíceis, mas bastante importantes para protegermos a Vida. Todos somos agentes de saúde pública e há alturas em que é necessário ter a coragem de tomar medidas pouco populares, mas necessárias para conter o vírus, pelo bem de todos. É isso que temos em mente. Neste momento, a nossa missão é, em primeiro lugar, levar a esperança às pessoas, e a certeza de que Deus está no controlo de todas as coisas. Simultaneamente, somos socialmente responsáveis, reduzimos comportamentos que podem comportar riscos, diretos ou indiretos. A Paróquia preparou um documento, sempre em atualização, sobre as diferentes fases do desconfinamento (download aqui). Devemos manter-nos em casa, evitando ao máximo saídas desnecessárias e imprudentes. Aconselhamos toda a comunidade de fé, bem como a população em geral a seguir TODAS as recomendações das autoridades competentes.

Reduzimos os lugares dentro dos edifícios, para permitir que exista distância de segurança entre todos.
Para já, para participar na Eucaristia dentro da igreja, deve fazer reserva de lugar e estar à porta da igreja até 10 minutos antes da celebração. No caso de existirem lugares vagos, é possível entrada sem reserva.

Não é possível participar na Eucaristia em dois domingos seguidos, para dar oportunidade a outras famílias.
As Equipas de Acolhimento e Limpeza farão que tudo corra bem e em segurança para todos.

A reserva de lugar é feita nesta página que está a ler. Deve continuar a leitura.

Nas últimas semanas vivemos as celebrações on-line e por televisão. Elas vão continuar, sempre ao domingo às 11h00 (e repetição às 15h45, 17h30, 19h00 e 22h00) em direto.paroquia.pt. Todas as quartas, teremos um encontro on-line, às 21h00, além da oração às 7h, à quinta.

Caso te sintas mal, com tosse, febre, dor de cabeça, ou pertences a um grupo de risco, fica em casa. Acompanha a emissão on-line ou por outro meio. Tu és Paróquia, mesmo que não possas estar fisicamente connosco!

Os doentes e idosos podem receber a comunhão em casa e a confissão, devendo contactar a Paróquia (21 803 9435).

Não queremos precipitar-nos. Estaremos atentos às experiências de outras paróquias e igrejas. O arranque desta fase é a 6 de junho e pode ser adiado, caso não estejam asseguradas as condições de segurança e higiene exigidas. Precisamos de voluntários.

Estas orientações são válidas para todas as celebrações no interior do edifício da Igreja.

  • A entrada para as celebrações acontece 10 minutos antes do começo da mesma, por ordem alfabética e prioridade às reservas feitas por telefone ou on-line, até ao limite de espaços disponíveis no interior.
  • Devem ser respeitadas as distâncias de segurança.
  • É obrigatório o uso de máscara, bem posicionada, durante todo o tempo de permanência no interior do edifício (maiores de 10 anos).
  • Não aceitamos uso de viseira. Não temos máscaras para distribuição.
  • Toda a gente deve fazer higienização das mãos à entrada.
  • A ocupação dos lugares começa da frente para trás e só podem ser ocupados os lugares identificados.
  • Nos bancos, cada pessoa/família deve guardar distância da pessoa seguinte.
  • Pessoas com tosse, febre, dor de cabeça, ou pertencentes a grupo de risco são aconselhadas a ficar em casa e a celebrar o Dia do Senhor de outra forma.
  • Faremos o melhor para que o espaço esteja higienizado mas, para reduzir qualquer risco de exposição ao vírus, pedimos que evitem tocar nos bancos, portas, imagens, papéis.
  • Toda a gente deve evitar cumprimentos físicos, como dar as mãos nas orações, ou saudações aos irmãos.
  • Não haverá recolha de ofertas, podendo ser utilizadas as caixas de donativos das igrejas.
  • A comunhão será no local, no banco, e na mão. É o único momento em que pode ser retirada a máscara. Recomendamos higienização da mão, antes de receber o Senhor.
  • As casas de banho estarão fechadas.
  • A saída do edifício é feita banco a banco, segundo as instruções da Equipa de Acolhimento.
  • Após a missa, não haverá tempo para oração pessoal, nem confraternização.

O que estamos a fazer:

  • Todos os voluntários usam máscara.
  • À entrada, certificamo-nos que toda a gente lava as mãos e usa máscara bem posicionada.
  • Todas as celebrações são sem contacto físico.
  • Os vários ministros (leitores, acólitos, etc) conhecem os procedimentos de segurança e higiene.
  • Cumprimos um rigoroso processo de preparação da eucaristia, para reduzir ao máximo qualquer contacto com o vírus na comunhão.
  • Não temos oferta de comida ou bebida no final das celebrações.
  • Não passamos o cesto no ofertório, devendo cada pessoa fazer a sua partilha nas caixas de esmolas ou meios digitais.
  • Todos os papéis foram removidos do interior do edifício (os possíveis papéis com letras de música não são reutilizados).

Como nos podes ajudar:

  • Se não te sentires bem, ou pertenceres a grupo de risco, celebra on-line.
  • Usa máscara bem posicionada, durante todo o tempo de permanência no edifício (exceto crianças até 10 anos).
  • Higieniza as mãos na entrada.
  • Mantém distância de segurança e respeita os lugares identificados.
  • Comunga na mão e no lugar.
  • Após a celebração, deixa o edifício e não confraternizes.
  • Dá um pouco do teu tempo para voluntariado (Equipa de Acolhimento ou Limpeza) – inscreve-te aqui

Em nenhum caso se pode permitir que a festa e o encontro dos irmãos se transformem em focos de perigo, doença ou morte. Mas também não queremos que o medo nos impeça de viver e de celebrar. Estas orientações pretendem mesmo isso: contar com a responsabilidade e a boa vontade de cada um, para que, na oração, no canto, na escuta da Palavra e na partilha do Pão, todos possam encontrar-se com Deus, o Senhor da Igreja e com os outros irmãos. O não cumprimento destas e das restantes orientações disponíveis no site paroquia.pt, será motivo para impedirmos a entrada no edifício.

Fique em casa se...

  • pertencer a grupo de risco*
  • estiver com tosse, febre, dor de cabeça, dificuldade em respirar
  • morar com alguém que esteja doente.

Nestes casos, pode receber a comunhão e confissão em casa.

* Pertencem a grupo de risco, segundo a DGS: pessoas com mais de 70 anos; pessoas com doenças crónicas (doença cardíaca, pulmonar, neoplasias…); pessoas com compromisso do sistema imunitário (a fazer tratamentos de quimioterapia, tratamentos para doenças autoimunes como artrite reumatoide, lúpus, esclerose múltipla ou algumas doenças inflamatórias do intestino); pessoas infetadas com VIH/sida; doentes transplantados.

SUGERIMOS QUE AS PESSOAS PERTENCENTES A GRUPOS DE RISCO OPTEM PELA MISSA DA SEMANA.

PRECISAMOS DE VOLUNTÁRIOS PARA GARANTIR CONDIÇÕES DE SEGURANÇA E HIGIENE

Se as mesmas não estiverem asseguradas, reservamo-nos o direito de manter a porta fechada, pelo bem de todos.

RESERVA DE LUGAR

Escolha o centro de culto. Na página seguinte escolherá o dia e hora, número de lugares, introduzirá os dados das pessoas e receberá a confirmação. No dia e hora escolhidos, leve o bilhete, para agilizar a entrada.

Também pode fazer reserva por telefone (21 803 9435), no horário do Cartório (quinta e sexta 15h30-18h00).

Uma vez mais, pedimos que não se inscreva para duas Eucaristias dominicais seguidas, para que outras famílias possam participar. Reservamos o direito de cancelar reservas.

Temos uma Visão:

A Paróquia de Palhais/Santo António é uma casa acolhedora onde a Comunidade, em família, transformada pelo Espírito Santo, ama, reza, vive e serve como discípulos de Jesus e missionários do Evangelho.

Temos uma Missão:

Fazer discípulos-missionários que amam Deus e os outros, online e offline.

INFORMAÇÕES:

  • geral@paroquia.pt
  • 21 803 94 35